Conheça os sinais do autismo


Hoje, dia 2 de Abril, é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. O autismo pertence a um grupo de doenças do desenvolvimento cerebral, conhecida como a TEA – Transtornos de Espectro Autista.

E o que você precisa saber é que quanto mais cedo o diagnóstico, mais fácil será lidar com o tratamento desta doença.



DESCOBRINDO OS SINAIS DE AUTISMO


Nos primeiros meses e anos de vida é aonde ocorre o maior mais rápido crescimento cerebral. E durante este crescimento ocorrem novas conexões entre neurônios.

É através das relações com outas pessoas, que os bebês desenvolvem o seu bem estar emocional e social.



OBSERVE OS SINAIS


Os bebês com um bom desenvolvimento emocional e social em seus primeiros meses de vida, reconhecem a linguagem humana e preferem a voz da própria mãe, tem contato visual com o outro, sorriem e imitam expressões faciais, dormem bem e por muitas vezes, gostam do contato físico e choram para comunicar sua necessidades.

Por outro lado existem bebês que não agem da mesma maneira e é aonde você deve prestar mais atenção em seus sinais muitas vezes discretos. Sinais esses, que por muitas vezes são entendidos de maneiras, como se fossem normais ou passageiros. Mas, quando não damos a real importância, é como se estivéssemos ignorando as suas emoções e que não há nada que possamos fazer.

No entanto temos que saber que cada bebê tem seu jeito e por isso cabe a nós a interpretação desses sinais.



EM CASOS MAIS GRAVES

As perturbações do espectro do autismo aparecem na infância, causando atrasos no desenvolvimento, como na aprendizagem da fala, da brincadeira e até mesmo do interagir com o meio envolvente e outra pessoas.



FIQUE ATENTO AOS SINAIS E SINTOMAS DO AUTISMO


Os sinais e sintomas aparecem de forma única para cada bebê. Eles apresentam certas dificuldades nas seguintes áreas:

. Comunicação; . Relação com outros e o mundo ao seu redor; . São menos flexível em seu pensamento e forma de agir; . Não retribui sorrisos; . Não faz contato visual entre 6 e os 9 meses; . Não seguem objetos visualmente; . Não faz barulho para chamar a sua atenção e ignora quem tenta chamar a sua; . Não aponta, se despede, alcançar objetos e tentar falar por volta dos 12 meses de idade.



E NAS CRIANÇAS MAIORES:


. Não é sensível a ruídos altos, não gosta que lhes toquem ou acariciem, e por vezes é pouco sensível dor; . Gosta e foca a sua atenção em um objeto, se distanciando das pessoas; . Tem comportamentos e movimentos repetitivos; . Oferece muita resistência a mudança em sua rotina; . Atrasos na fala.


Se você perceber essas atitudes, procure um médico para fazer uma avaliação, pois fazer esta detecção precoce pode fazer toda a diferença.



FONTE: mãemequer




MOMENTOS DA ARTE DE VIVER
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Rua Francisco Melchiori, 153

Tel: 2649-0345/ Whatsapp: 94055-3824
administrativo@escolaartedeviver.com.br

© 2020
By Oreo Marketing Consulting